Histórico

1997

Aquisição dos terrenos para instalação da Portonave.

2001

Assinatura do Contrato de Adesão junto ao Ministério dos Transportes.

2005

Início da construção da Portonave.

2007

Início das operações, com o navio MSC Uruguay.

 

2008

Recebimento da certificação ISPS Code.

2009

Certificação pela ISO 9001:2008, relativa à Gestão da Qualidade, e recebimento dos prêmios Ser Humano (ABRH-SC) e Fritz Müller de Conservação de Insumos de Produção (Fatma).

2010

Atracação do milésimo navio e inauguração da Avenida Portuária, que liga a BR-470 ao Terminal. Portonave recebe a certificação pela ISO 14001:2004, relativa ao Meio Ambiente, e vence o Prêmio Empresa Cidadã (ADVB/SC) e o Prêmio Expressão de Ecologia (Editora Expressão).

 

2011

Finalista no Lloyd's List Global Awards, menção honrosa no Containerisation International Awards e conquista do Certificado de Responsabilidade Social (Alesc).

2012

O Terminal passa a receber navios de grande porte, com mais de 300 metros. Além de ser finalista no Containerisation International Awards e no Lloyd’s List Global Awards, a Portonave conquista os prêmios Empresa Cidadã (ADVB/SC), Expressão de Ecologia (Editora Expressão) e Catarinense de Excelência (Movimento Catarinense para Excelência), e recebe o Certificado de Responsabilidade Social (Alesc).

 

2013

A Portonave atinge 3 mil atracações, 3 milhões de TEUs movimentados e recebe o MSC Arbatax, maior navio em capacidade de carga – 9.403 TEUs – a atracar no Complexo Portuário do Rio Itajaí-Açu. A frota de equipamentos é ampliada, com três novos portêineres e cinco transtêineres, em um investimento de R$ 80 milhões. Além de ser finalista no Containerisation International Awards, a Portonave recebe o Certificado de Responsabilidade Social (Alesc), vence o Prêmio Empresa Cidadã (ADVB/SC) e é o primeiro porto brasileiro a receber o título de Operador Portuário do Ano no Lloyd’s List Global Awards.

 

2014

No ano do início da ampliação do Terminal, a Portonave bate o recorde sul-americano de produtividade, atingindo a marca de 270,4 mph, e amplia a frota de equipamentos, com 15 novas carretas do tipo Terminal Tractor e 25 semirreboques – um investimento de R$ 5,3 milhões. A Portonave ingressa na lista de melhores empresas para se trabalhar em Santa Catarina, de acordo com o Great Place to Work, e é o porto mais bem colocado da Região Sul do país no ranking realizado pela Revista Amanhã, em parceria com a PricewaterhouseCoopers. O Terminal também conquista os prêmios Empresa Cidadã (ADVB/SC) e Aberje Região Sul, além do Certificado de Responsabilidade Social (Alesc).