Mensagem do Conselho de Administração
G4-1

Desde que a Portonave iniciou suas atividades, em 2007, cada ano encerrado deixa um marco importante na trajetória da Companhia. Nos primeiros tempos de operação, comemoramos as certificações obtidas, as quais, até hoje, atestam a qualidade dos processos e serviços do Terminal, bem como o cuidado da Portonave com o meio ambiente. Na sequência, vários outros prêmios e reconhecimentos foram recebidos, até que chegamos a 2013 com o título de “Operador Portuário do Ano”, concedido pelo Lloyd’s List Global Awards.

 

Nesse caminho de conquistas, a de 2014 tem valor especial: a Portonave foi apontada como uma das 25 melhores empresas para se trabalhar em Santa Catarina, com base em uma avaliação realizada pelos próprios colaboradores e conduzida pelo Instituto Great Place to Work (GPTW). Foi a primeira vez que um terminal portuário brasileiro integrou uma lista desse gênero, confirmando o pioneirismo da Companhia no setor, especialmente em relação a práticas sustentáveis.

 

Proporcionar um ambiente de trabalho seguro, igualitário, agradável e promissor está entre os compromissos da Portonave com a sustentabilidade, cada vez mais presente na estratégia dos negócios. Ao longo de 2014, também ampliamos o diálogo com a comunidade local, de modo a identificar de que forma a Companhia pode seguir contribuindo para o desenvolvimento sustentável de Navegantes e região.

 

Ao ouvir aqueles que convivem com o empreendimento, a Portonave confirma que os investimentos em ações socioambientais geram benefícios efetivos à comunidade onde o Terminal está inserido. Somente em 2014, foram investidos cerca de R$ 8,78 milhões na área ambiental e R$ 1 milhão em projetos sociais e culturais.


Fazer da sustentabilidade um diferencial competitivo foi uma escolha da Portonave, que se mostra certeira toda vez que são enfrentados períodos de estagnação econômica, como em 2014. Em um ano marcado pela retração do comércio internacional e pelo acirramento da competição no setor portuário, a Companhia manteve a solidez financeira e a excelência operacional, minimizando os efeitos da crise global sobre os negócios.

 

A confiança no trabalho desenvolvido se reflete agora nos investimentos para ampliação da área do Terminal. Em 2014, foi iniciada a obra que permitirá à Portonave dobrar a capacidade estática do pátio que recebe os contêineres. Ao todo, foram cerca de R$ 120 milhões em investimentos. Outros R$ 5,3 milhões foram aplicados na modernização dos equipamentos utilizados na operação, visando ao aumento da produtividade.


Esses investimentos sinalizam que a Portonave acredita no potencial de crescimento de Navegantes, de Santa Catarina e do Brasil. Agradecemos a todos que compartilham dessa visão e nos ajudam a construir um negócio cada vez mais sustentável: colaboradores, acionistas, comunidade, fornecedores, governo e demais públicos com os quais a Companhia se relaciona. Os próximos anos reservam grandes desafios ao Brasil e a Portonave está preparada para ajudar o país a superá-los.

 

Carlo Alberto Bottarelli

Presidente do Conselho de Administração